EXPLORAÇÃO

O sistema de extracção por nós adoptado é a céu aberto, sendo o desmonte da massa granítica feito por meio de explosivos industriais e posteriormente desagregada e removida das frentes. A exploração é feita segundo o método de degraus direitos e prevê uma altura final dos degraus das bancadas que não ultrapasse os 15 metros.

CÁLCULO DAS RESERVAS

As formações geológicas onde a pedreira está implantada, constituem uma reserva totalmente aproveitável para a produção de agregados, pois a rocha é de origem sã e não contém qualquer camada geológica que prejudique economicamente a sua exploração. O estudo geológico e geotécnico realizado para cálculo das reservas, indicou que estas podem atingir os 1.500.000 m3 de rocha de boa qualidade para abastecimento da indústria da construção civil. Esta volumetria é considerada na totalidade rocha útil pois não se prevê a existência de uma quantidade significativa de rejeitados, uma vez que todo o material é sujeito a britagem. A produção média da pedreira é de 390.000 ton/ano.

CARACTERIZAÇÃO GEOLÓGICA

A litologia da pedreira é constituida por rochas eruptivas de natureza granitóide, melanocráticas a mesocráticas de granulometria média a fina do tipo granodiorítico. O granodiorito apresenta cor cinzenta por vezes com tons azulados, tem textura granular, de grão fino a médio, porfiróide, com alguns megacristais de feldspato. É constituido por plagioclase e quartzo, sendo o feldspato potássico subordinado. Os minerais associados são biotite, moscovite, clorite, apatite e minerais opacos. Este granodiorito, está estreitamente ligado com o granito porfiróide existente no envolvente da pedreira, mas com idade mais antiga.

Rua Clube de Futebol Oliveira do Douro, 117 4430-420 Vila Nova de Gaia
227 871 702 227 871 704 geral@bezerresalda.pt